As participantes do empreendimento PertenSer Mulher se reúnem em comunidades católicas do entorno do Pico da Bandeira, tais como comunidade São Jose e comunidade Paraíso.

O grupo teve seu inicio em 2017 com o objetivo de criar e capacitar grupo de mulheres, moradoras do entorno do Pico da Bandeira, para confeccionar artesanato que representasse a região do Caparaó e a história das mulheres da região que trabalham com artesanatos à mais de 40 anos.

Produzem artesanato e patchwork.